quinta-feira, 23 de junho de 2011

Reino do Ar e da Terra

Olá meus queridos amigos e leitores do Santuário!!
Desculpem-me a demora, sabem como é né!? Agora sou mãe e dona de casa e ainda estou me adaptando a rotina, mas agora já deu uma aliviada!
Gente, minha fofurinha é linda olhem só a foto. Sou a mãe mais coruja do universo rsss...
Agora mudando o rumo a prosa, vou tratar de um assunto muito legal que ninguém pediu porém é só para completar a postagem de elementares, pretendo posteriormente publicar sobre projeção astral para o Gabriel, então vamos ao que interessa!

Reino do Ar

Os habitantes deste quadrante são chamados de SILFOS e FADAS controlam o poder do AR, ligado à inspiração, ao intelecto, a razão – embora atue no imaginário, onde se encontra a perfeita e pura visualização que é uma poderosa ferramenta de mudança. Eles são conhecidos por “gostarem” da humanidade esse aspecto deve-se ao seu Deva que é conhecido como Príncipe das Virtudes e é encarregado de traduzir as vontades divinas a nós, esse deve ser um dos motivos pelos quais se apresentam com características humanas.


Dentre todos os elementares esses são considerados os mais evoluídos, sua hierarquia está sempre ligado ao seu tamanho, e assim como seu tempo de vida. Quanto maior seu grau hierárquico maior seu tamanho e sua idade.

Apesar dos relatos com esses serem, no geral, amistoso essas criaturinhas podem se revelar bastante perigosas se sentirem algum tipo de hostilidade aprisionando pessoas em seu mundo, lançando feitiços, dentre muitas outras coisas.

Podemos encontrá-las nos círculos naturais de pedras,cogumelos, flores etc... bem como em nós mesmos, todos nós sabemos que o AR é indispensável para a vida na Terra, o oxigênio entra em nossos corpos circula por toda nossa corrente sanguínea a fim de oxigenar nossas células, nisso tiramos a importância desse elemento em nossas existência. Além disso, sabe-se também que o tecido mais oxigenado é o nervoso, em outras palavras, nosso cérebro e daí tira-se a principal área de atuação do elemento AR: nossos corpos físicos, mentais, astrais, emocionais, causais, espirituais e búdicos.

Esses elementais estão presentes nas florestas, jardins, campos e onde houver o colorido da natureza. Na magia os objetos correspondentes a esse elemento são os incensários, athame, espada, incensos e instrumentos de sopro.

Quando trabalhamos com esse elemento aumentam nossa inspiração, nosso poder de comunicação, intuição, conhecimento, enfim trabalhos mentais de um modo geral. Seus excessos causam pensamentos vagos, dispersão o suficiente para causar acidentes e problemas respiratórios. Já a falta desse elemento traz além da falta de inspiração, a dificuldade de expressar-se, dificuldade de aprendizagem...

Você não pode esquecer-se de pedir permissão ao Rei Elemental do Ar Paralda e a proteção e ajuda do Deva Rafael quando for trabalhar com o Reino do AR.

Antes dos rituais com esse elemento devemos fazer treinos, que se dão com técnicas de respiração. Sente-se num jardim sinta-se calmo e relaxado comece a sentir as energias emanando das flores, da grama do sol, do céu... agora comece a respirar o ar pelo nariz enchendo o diafragma e soltando pela boca, concentre-se e vá fechando os olhos e permita-se ver a figura de Rafael como um homem alto envolto de uma luz azulada, mesma luz que forma suas asas e converse com ele.

É importante que nós conheçamos um pouco sobre os elementares do Ar.

Fadas da Flores: são pequenas como pontos de luz, desempenham a função de cuidar das plantas dando-lhes cor.

Fadas das Nuvens: dão forma as nuvens, as fadas que ficam encarregadas dessa tarefa geralmente estão em treinamento para desempenhas outras funções.

Silfos das Tempestades: tem como incumbência trazer tempestades, tem olhas puxados de cor vermelha ou preta com asas de morcego.

Silfos Destruidores: causam destruição por onde passam, geralmente estão ligados a tufões, furacões, ciclones, vendavais.

Todo bruxo pratica a magia com a ajuda dos incensos, mesmo que não seja muito íntimo dela. Eles são utilizados há milênios sejam como defumadores, purificadores de ar ou apenas acompanhando cerimoniais. O que devemos nos ater é que cada aroma, cada ingrediente tem uma função e precisamos a aprender a como utilizar isso a nosso favor. Por esse motivo vou descrever algumas de suas funções.

Acácia: consagração, saúde e sucesso nos negócios.
Alecrim: para a vista, concentração, memória, coragem, segurança, prudência e limpeza.
Alfazema: para pessoas sensíveis, traz paz, tranquilidade e limpeza.
Almíscar: desperta paixões e romances.
Âmbar: proteção, indicado para início de novos projetos.
Arruda: proteção e limpeza de ambientes.
Balsamo: harmonia e calmante.
Benjoim: proteção, sucesso e expulsa maus espíritos.
Caxemira: rituais lunares e apurar o sentido extra-sensorial.
Calandre: para a inteligência e concentração.
Camomila: calmante.
Canela: negócios, cura e é anticéptico.
Cravo: para a voz.
Eucalipto: cura, em especial para problemas respiratórios.
Flor de Laranjeira: atrair sexo oposto e calmante.
Flor de Liz: misticismo e devoção.
Floral: emoção.
Flor de Lótus: espiritualidade, saúde, atrai dinheiro e longevidade.
Flor do Campo: para crianças.
Lírio do Vale: calmante e sonhos proféticos.
Gerânio: negócios, coragem e protetor.
Heliotropo/Girassol: sucesso, saúde, honra e fama.
Jasmim: timidez, aumenta a energia espiritual e calmante.
Maçã Verde: harmonia e saúde.
Madeira do Oriente: aumenta a glória individual e o vigor.
Mirra: limpeza, meditação e rejuvenescimento.
Morango: acalma.
Opium: energização e afasta maus sentimentos.
Patchuli: afasta o mal e facilita a separação amigável (não recomendável a utilização corporal)
Pêssego: conhecer novas pessoas.
Pinho: segurança e disciplina.
Rosa: amor e devoção.
Rosa Branca: paz, purificação e harmonia.
Sândalo: viagem astral, proteção, cura e meditação.
Verbena: afugenta o mal.
Violeta: transforma o negativo em positivo e equilíbrio emocional.

Os aromas são tão fundamentais como os ingredientes que levam cada um. Não se esqueça de que você mesmo pode confeccioná-los e aproveitar para combinar ingredientes com finalidades diversas, criando um incenso “multifuncional”.

É muito comum fazermos uma ponte de feitiços ligados a Lua, com esse elemento. Não é de se espantar, uma vez que já sabemos da existência das fadas das nuvens, também podemos destacar o aspecto intangível do ar com o da Lua (já que está longe do alcance de nossas mãos). Como você é um bruxo antenado, sabe que existem épocas lunares certas para feitiços: Lua Cheia é mais indicada para feitiços e rituais genéricos, quanto a Lua Minguante para banimento, limpeza, purificação e exorcismo; contudo, se você não é muito bem de lembrar essa regrinha, vou ensinar um macete que eu mesma uso: quando você quer que algo cresça, encha faça na lua cheia (feitiços de saúde, paz, amor, conquistas profissionais...), já quando você quer acabar com algo faça na lua minguante (feitiços para acabar com uma doença – cura – para terminar com uma pessoa – seja relacionamento de amizade ou amoroso – para exterminar uma dívida...). Assim como esse elemento, a Lua está diretamente ligada às nossas emoções, equilíbrio e fases, o que estreita e facilita ainda mais nosso trabalho.

P.S.: não se esqueça de que rituais ligado à Lua precisam da presença da mesma, seja em locais ao ar livre, ou a luz dela invadindo uma janela, porta... o que importa que ela “participe” de seu ritual.

Outra coisa importante é que esses elementares, assim como os da água, amam muito a beleza (afinal, são os dois reinos com seres mais belos da natureza), entretanto conforme os artistas essas fofurinhas importam-se demais com a estética, dessa forma quando for fazer rituais dedicados a eles não seja simples, capriche nas flores (variedades e cores), abuse das jóias (bastantes pedras coloridas e formas diversas) e vestimentas (ricas em detalhes como bordados, costura, modelos e cores), procure deixar o local agradável com música ambiente (não se esqueça que os instrumentos de sopro pertencem a esse elemento, a lira apesar de ser de corda também faz parte desse hall), pois para as fadinhas vale aquele velho dito: “Desculpem-me as feias, mas beleza é fundamental!”

Agora vamos a alguns rituais...


Magia das Fadas
Por Eddie Van Feu

Indicado para realização de desejos, em especial quanto ao que se refere aos sentimentos. Você vai precisar de nove tipos de doces diferentes e coloque-os em um pratinho de papelão em forma de círculo, no meio escreva o nome um por cima do outro das duas pessoas a serem unidas. Leve o pratinho para um jardim ou parque e acenda nove incensos em volta do pratinho. Repita:

Fadas e Sílfides, amigas do vento,
Atendam meu chamado neste momento,
Livrem meu coração desse tormento,
Tragam para mim um amor em pouco tempo,
Não em dez, nem em dez, mas em nove dias,
Que sejam enormes as minhas alegrias,
Amor e união é o que almejo,
Que se cumpra meu desejo.


Licor de Morango das Fadas

Ingredientes:
600g de morangos frescos
200g de açúcar
1 xícara de chá de água
A mesma medida de aguardente
Alguns cristais
Numa panela misture o açúcar, a água e os morangos, deixe cozinhar até os morangos começarem a se desfazer. Coe e junte a aguardente. Acrescente cristais e deixe-o descansar, a cada dia ascenda uma vela arco-íris e um incenso próximo ao recipiente totalizando cinco dias. No sexto dia coe novamente, para retirar os cristais e guarde em uma garrafa enfeitada.


Canção para Chamar as Fadas

Venham fadas para a sua morada;
Venham para a sua hora dourada;
Venham até nós por favor!
Fadas dancem com louvor,
Espíritos do Ar,
Formosas criaturas do lar!
Venham fadas, venham me abraçar!
Estou aqui para te contemplar,
Venham para a minha canção,
Me ajude com a sua varinha de condão!
Venham enfeitar a natureza,
E seduzir todos com sua mágica pureza!



ATENTE-SE:
Guardiões da Torre Leste;
Cores: Branco, amarelo claro, azul claro, tons pastéis;
Pedras: Topázio, pedras claras e transparentes, cristais, ametista, alezandrita, pedras azuis e amarelas;
Metais: Cobre;
Ervas: Olíbano, mirra, prímula, tamareira, verbena, violeta, alfazema.













Reino da Terra


Seus habitantes são conhecidos por Duendes e Gnomos e controlam o PODER DA TERRA. Relacionados à sabedoria, cura, fortuna, sorte, ao físico, transmutação...




Esses habitantes são os que mais se aproximam dos humanos, tendem a se organizar e viver do nosso estilo, inclusive existem aqueles que optam por viverem conosco. Existem várias classes de duendes e gnomos, podemos ilustrar isso com os kobolds que são responsáveis e trabalham em minas, são pequenos assemelham-se aos duendes, tem a pele acinzentada e olhos puxados; os gremlins, gnomos conhecidos por serem responsáveis pelo bom, ou mal, funcionamento dos equipamentos mecânicos no geral; as dríades são espírito dos arbustos e grandes árvores, fazem parte da vida pulsante de onde vivem, podem receber o nome de fauno se for masculino, possuem consciência atemporal, sentem as emoções de tudo que está a volta e podem nos ajudar a reciclar nossas energias se assim for permitido.

Mexer com esse elemento pode nos trazer sabedora, paz, solidez, ganhos materiais, força de 
vontade, empatia, prosperidade, estabilidade, fertilidade, sucesso, força física e aprimorar o dom do ensino. Em excesso traz comportamento avarento, temperamento ranzinza, teimosia, pensamento rígido, inflexibilidade e desenvolver doenças nos ossos. Sua falta faz com que a pessoa seja um “esbanjador”, esterilidade, fraqueza física e emocional.
Ao trabalhar com os poderes da Terra devemos nos ater a pedir a permissão do Rei Elementar da Terra Chobb e o auxilio do Deva Uriel.

Os elementares, seja de qual reino for, são mais sensíveis às crianças, elas conseguem percebê-los e até mesmo, vê-los. Atente-se para que não haja nenhum tipo de desequilíbrio em suas energias, isso pode acarretar seríssimos problemas: poltergeists, fadas vampíricas, incêndios por combustão espontânea... não pedir permissão aos devidos Devas e Reis Elementares pode levá-lo a loucura, então toda a precaução é pouca, insisto, seja muito prudente!!!

Os habitantes do Norte são representados magicamente pelos pentáculos, pentagrama, imagens, pedras, sal, gemas, árvores e cordas. Os tipos de magia que envolve a Terra são as ligadas aos nós, as imagens, pedras, árvores e cultivo. Para você mater sua casa em contato com esses elementares é só fazer com que esses objetos façam parte de sua decoração, rituais em locais fechados também pedem esse tipo de auxílio e para complementar a atmosfera utilize-se do som, os instrumentos de percussão e músicas do estilo irlandês são bem vindos. Para a proteção podemos fazer saquinhos de sal, areia, garrafas com pedras semi preciosas, entre outras coisas.

Aproveitando que estou falando de proteção, nada é mais utilizado dentre nós ultimamente do que os cristais, sendo bruxo ou não. As pessoas habituaram-se a ter cristais como uma forma de tirar dos ambientes energias prejudiciais, mas poucos sabem como utilizar de verdade um, por isso vou me aprofundar um pouco nesse tópico.

Uma coisa que é importante sabermos é que eles não gostam de ficar escondidos, quanto mais expostos eles ficarem melhor, podem ser colocados em vasos de plantas, em cima de móveis, em fontes d’água (aquelas artificiais vendidas nas lojas de jardinagem e decoração), no seu altar fixo ou onde você achar melhor. Contudo, essa exposição pode fazer com que eles fiquem carregados e a limpeza precisa ser periódica e bem feita. Um método comum de purificação é colocá-los em uma bacia com água limpa e sal grosso, deixando-os descansar três dias e três noites em um local aberto, janelas já servem. Podemos limpá-los colocando eles num potinho com leite durante uma hora. Outra forma é retirá-los no raiar do dia, um de cada vez, coloque em baixo da torneira e esfregue-os vigorosamente, enquanto isso visualize uma luz dourada saindo da torneira e lavando, inundando seu cristal; após isso deixe que eles descansem um dia e uma noite exposto ao Sol e a Lua para secarem.

Os cristais precisam ter um elo com seu dono, é necessário que você crie esse vínculo por intermédio de conversas, atenção e carinho, quando isso é feito eles agem como um espelho seu. Por isso é tão importante mantê-los sempre limpos e purificados, nesse processo é muito importante também que você se concentre para não desperdiçar tempo e energia, enquanto seus cristais estão sendo limpos suas energias – quando há um elo entre vocês – também estarão.

Eles podem ser utilizados em todos os rituais seja representando seu elemento ou uma Deusa. São canalizadores de energia, filtram e equilibram por esse motivo são usados com mais frequência em meditações ou rituais que envolvam a expansão da consciência. Cada um tem uma utilidade, nada que a prática não aprimore.

Os tipos de cristais são:

Simples: são de cor branca, com uma ponta, polivalentes – usados para qualquer fim.
Bideterminados: são de cor branca, com duas pontas, canalizadores – fazem as energias positivas e negativas circularem – utilizados para a comunicação ou m locais com grande circulação de pessoas.
Aglomerados: são vários cristais juntos, como uma colônia, variam de cor. Utilizados como engraxador e protetor de ambientes.
Fantasma: trás dentro de si uma sombra ou um desenho. Dependendo da sensação que provoca em você – se for boa – pode ser utilizado em meditações ou talismã – se for ruim – enterre-o pedindo para que a terra purifique-o e transforme aquela energia em algo produtivo e positivo.
Arco-íris: que é possível ver dentro dele várias cores, utilizado para trazer felicidade e alto astral.
Companheiro: que sempre irá te acompanhar, seja num anel, num broche, pingente... deve ser eleito de acordo com sua intuição e grau afetivo desenvolvido com o mesmo, tem a função de proteção.
Professor: geralmente é achado ou ganhado, e sem a menor explicação some. Indica quando há algo acontecendo que merece nossa atenção.
Quebrado: indica que absorveu energia negativa em demasia, destinado ao seu portador, deve ser devolvido à natureza.
Trincado: é natural um cristal rachar a medida que o utilizamos, indica que está proporcionando o equilíbrio.
Alguns cristais e suas funções:

Abalone: cura, paz e honestidade. Formação e proteção do tecido muscular, ajuda na digestão e na síntese de proteínas.
Ágata: amor, abundância, riqueza, longevidade, harmonia, coragem, proteção, sorte e confiança. Traz equilíbrio para o corpo, mente e espírito, fortalece a imunidade.
Água-marinha: paz, alegria, felicidade, serenidade e raciocínio claro. Traz acalmar, alivia medos e fobias, facilita diálogo, harmoniza ambientes, reduz maus hábitos, fortalece fígado, baço, tireóide e rins, alivia tosse e problemas na garganta.
Ametista: pedra do signo de peixes. Percepção, compreensão, ajuda na superação de perdas. Ajuda no combate contra o estresse, esgotamento mental, insônia, aumentam a produção de hormônios, fortalece órgãos que limpam o sangue, imunidade e metabolismo.
Apatita: intelecto, expressão pessoal, clareza de pensamentos, eloquência e comunicação. Fortalece dentes, músculos e ajudam na coordenação.
Aventurina: calmante, tranquiliza, positividade, amplia a criatividade, imaginação, prosperidade e sucesso profissional. Auxilia nos problemas psicossomáticos, ansiedade e medos, melhora a vitalidade e doenças de pele.
Calcita: memória e aumentam a capacidade intelectual.
Citrino: ligada ao Plexo Solar. Bens materiais, riquezas, negócios, melhora o relacionamento familiar e autoconfiança. Melhora a digestão e limpeza dos órgãos.
Crisopásio: flexibilidade emocional, percepção e clareza de pensamentos. Ajudam na fertilidade e proteção dos órgãos sexuais.
Esmeralda: abundância, equilíbrio, purifica todos os sistemas, ajudam na memória, intelectualidade, comunicação e reforça o sistema imunológico.
Fuchsita: diplomacia, elegância, discrição, imaginação, criatividade, beleza, aumenta o gosto e talento nas artes.
Granada: pedra dos signos de fogo. Combate a depressão, medo, fraqueza, indisposição, e falta de iniciativa e circulação, gera positividade, na recordação de outras vidas, sucesso profissional, popularidade e autoconfiança. Indicada para substituir o rubi.
Hematita: proteção, absorve negatividade, indicada para pessoas que trabalham com o público, revigora, ajudam na circulação, regeneração, previne anemias.
Jaspe: reduz estresse, alivia depressão, induz o relaxamento, compreensão, tranquilidade e cura.
Olho-de-tigre: proteção, pensamentos claros, integridade, força de vontade, melhora seu relacionamento com o elemento terra, aumenta confiança. Ajuda na cura da asma.
Ônix: concentração, vigor e força, estabilidade, alivia estresse, depressão e medo, combate a distração.
Pedra da Lua: ligada as divindades lunares. Auxilia na vidência e ocultismo, dá imaginação e suavidade.
Pedra-sabão: fortalece o coração e a glândula do timo, alivia na disfunção do sistema endócrino.
Pedra do Sol: fortuna, prosperidade, fama e sucesso.
Pirita: proteção, fortalece o corpo astral, reduz ansiedade, depressão, frustrações, ajudam no desenvolvimento psíquico, memória, aprendizado e energização, no sistema digestivo e aumentam a produção de enzimas.
Quartzo azul: calmante, espiritualidade, meditação, serenidade. Ajuda na limpeza da corrente sanguínea, aumenta a imunidade, atua na no coração, pulmão e garganta.
Quartzo verde: ligado às doenças cardíacas e sistema nervoso. Equilibram, restauram e energiza os músculos.
Quartzo rosa: amor, equilibra as emoções, atrai afeto, fortalece o coração, compreensão.
Quartzo branco: além dos benefícios de todos os quartzos citados anteriormente aumentam a clareza da mente, nos pensamentos positivos, ajudam nas dores do corpo e cura no geral, também pode substituir os mesmos.
Safira: paz, alinha os planos.
Sodalita: conhecimento, intuição, percepção, consciência, aprendizagem, sabedoria, comunicação, lógica, harmonia e coragem.
Topázio: criação, ligação e manifestação da sabedoria.
Agora que você conhece melhor esse elemento, vamos aos rituais e feitiços!

Saudação dos Gnomos
Eu vos saúdo gnomos,
Que constituem a representação
Do elemento Terra.
Vós que constituem a base e
Fortaleza da Terra
Ajudai-me a transformar e a construir
Todas as estruturas materiais,
Assim como uma raiz fortifica a
Árvore frondosa.
Gnomos, possuidores dos segredos ocultos
Fazei-me perfeito e nobre,
Digno de vosso auxílio.
Mestres da Terra,
Eu vos saúdo fraternalmente.


Oração dos Duendes
Ascenda uma vela verde e faça seu pedido, depois fale:
“Noite de Lua, eterno luar.
Poderosos duendes venham me ajudar!
Sorte, sabedoria e beleza necessito conquistar!”



ATENTE-SE:
Guardiões da Torre Norte;
Cores: Negro, marrom,verde;
Pedras: Cristal de rocha, verdes como a esmeralda e o peridoto, ônix, jaspe, azurita, ametista, turmalina, quartzo rutilado... ;
Flores e ervas: Confrei, hera, grãos, arroz, trigo, patchouly, vetivert, líques, musgo, nozes, plantas secas ou grandes e frondosas, carvalho, raízes;
Animais: Vaca, touro, búfalo, veado, cervo, antílope, cavalo, formiga, esquilo, texugo, urso, lobo.

1 comentários:

Postar um comentário