segunda-feira, 19 de abril de 2010

Sentimento de revolta....

Olá meus queridos leitores!

Estava com um texto pronto para postar, mas pensei bem e resolvi mudar meu assunto desta semana.

Vocês estão acompanhando nos noticiários as catástrofes que estão ocorrendo no mundo. É aqui no Brasil, no Haiti, na Islândia é no mundo inteiro; mas como essas coisas acontecem? Ahhhh... Hyvi! Isso é culpa do aquecimento global!

É realmente...

Mas como uma pessoa racional, observadora, inteligente, crítica e principalmente religiosa, tenho obrigação de ver as coisas sob um ponto de vista, digamos... um pouco menos conformista.

Lá na idade da pedra os homens eram nômades e viviam da coleta. Viviam um pouco aqui um pouco ali, pescavam e caçavam o suficiente para comer, comiam os frutos que a natureza lhes oferecia, se abrigavam em “casas ecologicamente corretas” – cavernas – e sabiam que eram submissos às forças naturais.

Depois, com alguns mil anos de evolução, o homem descobriu o escambo, o que consequentemente, resultou na “tal” da moeda. E aí um belo dia o homem olhou para si mesmo e pesou: “Ei, eu posso ter mais, eu posso lucrar com tudo o que eu ofereço, meu trabalho vale alguma coisa!” e eis que surge a mentalidade capitalista, que acarretou também na ganância de que o homem poderia viver por si só. Não existe limites e o homem não pode ser submisso por uma coisa tão pífia como a natureza, nesse estágio ele acredita poder dominá-la, controlá-la.

Antes de prosseguir, que fique bem claro que eu não sou contra a evolução muito menos compro idéias socialistas. Não faço parte de nenhuma corrente sócio-econômica. Apenas estou descrevendo fatos e a minha visão sobre eles.

Sua ganância cresceu conforme os anos foram passando e o homem continuou em seu pensamento egoísta, teve a presunção e ousadia de dominar povos, culturas e, até mesmo, pensamentos. Cresceu, cresceu, cresceu... e chegou a um ponto onde o céu é o limite.

Até que um dia uma flor brotou na alma de alguns desses “guerreiros dos egos inflados”, essa flor abriu-se e exalou seu aroma que fizeram os gigantes saírem de seu frenesi “do eu tudo posso”.

Essas pessoas começaram a observar, a pensar e ver que estavam destruindo tudo que os mantêm realmente vivos. Que essas mesma forças que outrora adaptaram-se para que houvesse condições perfeitas pra seu surgimento, poderiam muito bem acabar com o câncer que eles se tornaram. Infelizmente numa quimioterapia não se mata só a células doentes, mata-se também, algumas saudáveis.

Só que a natureza é implacável, ela não devasta somente algumas células saudáveis; quando ela entra em ação, acaba com toda a doença.

Essas pessoas inteligentes sabem que isso tudo o que está acontecendo são apenas sintomas do que está por vir. E podem acreditar, ela não está de brincadeira!

São tantos anos de evolução, e quem disse que a evolução é sempre positiva?

Temos nossos celulares de ultima geração, o conforto de nossas casas modernas e com equipamentos que nos trazem uma idéia, falsa, de segurança, nos protegem conta assaltos, furtos e incêndios. Mas precisamos nos lembrar que a natureza não assalta, nem furta, ela destrói tudo aquilo que lhe faz mal! Afinal, essa não seria a primeira vez!

Para algumas pessoas é impossível entrar em suas cabeças a crueldade, a atrocidade... – me faltam as palavras – de seus atos!

Galera! Para quem não sabe, casacos de pele são feitos de peles retiradas de animais vivos. Patê de fígado de ganso então... eles entopem o bichinho de comida, quando o pobrezinho não quer mais comer eles empurram, literalmente, guela a baixo, para que os seus fígados estejam quase ao ponto de explodir. Galinhas são bombardeadas de esteróides de crescimento que transformam um pintinho em menos de 1 mês em um galo, que lá na roça só estaria pronto para o abate quase um ano depois de cascado. Criam bezerrinhos num cubículo que não dá nem pro bichinho balançar o rabo, para que sua carne não endureça. Pescam os peixinhos só porque ova é bom e dá dinheiro. E assim por diante.

Quando paro para pensar nessas coisas, me envergonho de ser “humana”, se pudesse escolher teria filhos gatos, cachorros, papagaios, ou qualquer outra espécie que não fosse essa.

Agora voltando a pergunta que eu fiz lá em cima, a culpa é realmente do aquecimento global?

Quem prefere álcool à gasolina, mesmo que seja mais caro? Quem prefere bicicleta à carro? Quem prefere capinar à queimar?

Essas são algumas coisas que estão ao nosso alcance e que nem nos damos conta que fazemos! Vocês sabiam que a ipê tem uma linha de produtos ecologicamente corretos? Vocês sabiam que tijolos de concreto além de serem não poluentes e são mais duradouros? Vocês sabiam que existem vários postos de coleta de recicláveis e que você pode reutilizar orgânicos em jardins, hortas e essas coisas? Vocês sabiam que pintar o telhado de branco ajuda a reverter o buraco da camada de ozônio?

Pessoas! Essas são medidas tão simples! Todos nós podemos fazer!

Temos que nos preocupar sim nos filtros das chaminés das grandes indústrias; no desmatamento da Amazônia, das matas ciliares e de todas as florestas no mundo, inclusive as subaquáticas ; na extinção de vários espécimes da fauna e flora global. Mas antes temos que pensar: qual postura efetiva adotamos em nosso dia a dia, para que não sejamos hipócritas e ridículos. Afinal de contas, você está fazendo isso por você mesmo e aos seus.

É realmente preocupante o estado que estamos e o quão rápida está sendo a resposta das forças naturais, que se pensarmos bem... nem é tão rápida assim!

Aí tem um monte de babaca que acha super legal a corrida espacial! Não sai da minha cabeça que o homem está fazendo isso para povoar e destruir, por milhares e milhares de anos... será que ele consegue? Sinceramente! Espero que NÃO!

Todos precisam acordar, e pior, precisamos fazer com que todos acordem!

Será que eu poderei criar meus filhos, porque pelo jeito que as coisas andam, acho muito difícil!

Precisamos mudar nossas mentes, você não precisa ser um vegetariano do tipo que só come grãos e não usa nada que não seja sintético, porque não adianta nada você usar algo sintético que para ser produzido tenha jogado toneladas de gases poluentes aos céus.

Eu queria saber como isso tudo vai acabar, eu queria deter um jeito de fazer com que isso parasse!

Pensem, e se alguém tiver a resposta, me avise!

Beijinhos a todos e bênçãos!





1 comentários:

Postar um comentário