quinta-feira, 4 de março de 2010

Mensagem à Dani...

Bem gente, eu sempre compartilhei com vocês experiências, histórias e opiniões! Hoje mais do que nunca vou partilhar com vocês uma coisa que faz parte da vida: A Morte!

Minha mãe é casada com meu padrasto há 12 anos, mas eu sempre tive muito contato com a família dele. A prima dele era minha vizinha quando eu era criança e é viúva do primo do meu pai (sabe como é, né! Família da roça e grande, dá nisso!!!).

Por isso a família do meu padrasto nos viu crescer, quando fiquei adolescente – meu pai já estava separado da minha mãe – logo assim que cheguei em Niterói, não conhecia ninguém, e as primas dele (que tinham o dobro da minha idade), sempre saíam comigo!

Hoje, às 16 horas, recebemos a notícia que uma delas morreu, de uma doença que médico algum descobriu o que é... ela deixou um marido, maravilhoso que a amava muito; uma filha que completará 11 anos ainda esse mês; uma mãe que sempre lutou por ela; um pai que é um anjo encarnado e uma irmã que é outro anjo.

Por isso, queria deixar essa mensagem para ela, mesmo sabendo que minha família não tem acesso a esse “meu” cantinho (principalmente por isso).

Dani,

Sei que sou meio durona e insisto em não mostrar meus sentimentos.
Sei que sou de falar muito, de atitudes descontroladas e de pensamentos desconexos.
Sei que ainda me via como uma criança. Não a culpo, eu realmente sou isso tudo!
Mas saiba que a amo, a amei e sempre amarei!
Desculpe-me minha ausência, mas é esse meu jeito “nada me atinge” de ser.
Queria te dizer coisas bonitas e mostrar-te o quanto era querida, mas aqui não há palavras.
Vou contemplar-lhe em meu silêncio, bem quietinha, para que os anjos cantem a você a serenata mais bela que existe. Para que eles cantem a falta e o vazio que nos deixa nesse nublado dia.
Toda a natureza chora e respeita nossa dor, porque até os céus curvam-se diante daquele que tem um coração bom e piedoso.
Viva em paz, nesse novo plano!
Aprenda aí com nossos amigos e volte, se for necessário...

Sentiremos muitas saudades!

2 comentários:

Postar um comentário