sábado, 26 de dezembro de 2009

Especial Magia Natural, ParteII - AR

Prosseguindo o especial...

AR

O que falar desse elemento?

Simplesmente não haveria vida sem ele, além de servir de “combustível” para os dois elementos que falarei posteriormente.

Ele é invisível, mas nem por isso deixa de ser extremamente poderoso. Por esse lado de saber que existe, sentir, mas não poder ver o torna um dos elementos mais utilizado na magia em todas as eras e o mais espiritual, também.

A prova disso são todas as mitologias em volta do globo, que sempre tem uma referencia a esse elemento.

O Ar é o elemento do intelecto, dos pensamentos e das idéias. E isso o torna um poderoso instrumento de mudança.

Na magia ele é a visualização límpida, clara e pura. É aquele que leva os pensamentos mágicos ao seu objetivo, em outras palavras, ele transforma o pensamento em realidade.

Rege rituais que envolvam viagens, conhecimentos, liberdade, inteligência, cultura, reencontro de coisas perdidas, desenvolvimento das faculdades psíquicas, descoberta da verdade e tudo que seja necessário vir “à tona”.

Considerado masculino por ser seco, expansivo e ativo. Atua em locais de aprendizado, e atua na teoria, nos pensamentos e na prática do que foi ensinado. (Ou seja, atua aqui no Santuário, rssss)

O Ar rege o Leste, onde nasce o sol e a lua, onde “surge” a luz, a luz da consciência e da sabedoria. Sua cor é o amarelo do sol e sua estação é a primavera. Também rege a magia dos quatro ventos, quase todas as adivinhações, a concentração e a visualização.

Quer ter uma experiência com esse elemento?

Quando você estiver stressado, ou com raiva, fique de pé feche os olhos, estique os braços de forma que as palmas de suas mãos fiquem voltadas para o céu, respire profundamente e grite... grite... grite...

Enquanto grita, visualize uma áurea negra saindo através de sua boca e de suas mãos, deixando seu corpo leve e brilhante.

*Dica: Faça isso quando o vento leste estiver soprando*
(O vento leste é o vento que vêm do leste, não o que vai para o leste)

O vento levará suas tenções e raivas para modifica-los de acordo com a vontade da natureza.

Espero que tenham gostado!

Beijinhos e bênçãos...



2 comentários:

Postar um comentário