domingo, 11 de outubro de 2009

Chamando o seu animal...

Olá meus lindos...

Como o prometido, estou aqui novamente passando o ritual de descoberta do animal totem. Este ritual foi uma adaptação da Eddie Van Feu, segundo a mesma, foi realizado com muito sucesso, quando ela quis conhecer o dela.


Chamando o Seu Animal

Vá a um lugar isolado e ascenda um braseiro ou uma pequena fogueira (se quiser pode usar seu caldeirão). Ascenda o carvão e comece a jogar ervas sobre ele, (recomendação: sávia, arruda e mirra; fique a vontade se quiser substituir essas ervas), devem estar secas, precisa ser noite e a lua cheia. Você pode entoar, ou comprar um CD de cânticos indígenas. Acomode-se numa posição agradável, seja sentado, em pé, deitado... o importante é que esteja confortável.

Esvazie sua mente e feche os olhos. Sinta o vento, ouça a música. Então, ainda de olhos fechados, vá além da música e ouça o silêncio. Sinta a terra sob você, agora você faz parte de tudo e tudo faz parte de você. Diga:

“Meu animal de poder, eu (diga o seu nome), o chamo!”

Jogue ervas no fogo. Elas trepidarão e exalarão um aroma. Vá fazendo isso, deixando a mente vazia e chamando o seu animal. Respire profundamente e você ficará muito perto de entrar em transe. É um momento muito especial, muito mágico!!!

Quando se sentir pronto... os vento mudará, o clima, tudo! (se você quiser pode fazer uma prece) Sinta suas mãos se juntarem com as patas, seu tórax fundir-se com o dele, as pernas, os braços, enfim tudo. Neste momento seu animal estará em você e você poderá sabe quem é ele. Você não deve forçar, seu animal de poder virá mesmo que você se esforce em imaginar outro. Você se sentirá meio “alto”, seus olhos estarão diferentes. Se você tiver um animalzinho de estimação (periquito, papagaio, gato, cachorro), apresente-se a eles e veja a reação, eles com certeza não o reconhecerão, agirão como se você fosse outro animal. Bebês também verão seu animal e não você!

Quando terminar, agradeça às forças que compareceram em seu ritual e ao seu animal totem, tendo ele aparecido ou não. Encerre o ritual, batendo palmas três vezes e declarando o ritual encerrado. Nunca deixe de encerrar um ritual corretamente.

Caso ele não apareça, repita...

Espero que tenham gostado, depois passarei alguns outros para que vocês possam tentar também!

Beijinhos

2 comentários:

Postar um comentário