quarta-feira, 16 de setembro de 2009

A lenda sobre a criação do Universo...



Antes de o tempo existir, havia o Único; o Único era tudo, e tudo era o Único.
E a vasta extensão conhecida como o universo era o Único, onisciente, onipotente, ubíquo, eternamente em mudança.
E o espaço se moveu. O Único moldou a energia em formas gêmeas, iguais mais opostas, moldando a Deusa e o Deus do Único e pelo Único.
A Deusa e o Deus surgiram e agradeceram ao Único, mas a escuridão os envolveu. Estavam sós, com exceção do Único.
Formaram assim gases com energia, e sóis e plantas e luas a partir dos gases; Eles salpicaram o universo com globos rotatórios e assim tudo recebeu forma, das mãos da Deusa e do Deus.
A luz surgiu e o céu foi iluminado por bilhões de sóis. E a Deusa e o Deus, satisfeitos com o seu trabalho, regozijaram e se amaram, e se uniram.
De sua união surgiram as sementes de toda a vida, e da raça humana, para que possamos atingir a reencarnação sobre a Terra.
A Deusa escolheu a Lua como Seu símbolo, e o Deus optou pelo Sol como Seu símbolo, para relembrar os habitantes da Terra de seus criadores.
Tudo nasce, vive, morre e renasce sob o Sol e a Lua; todas as coisas surgem sob eles, e tudo ocorre com as bênçãos do Único, como tem sido a existência antes do tempo existir.

Scott Cunningham

2 comentários:

Postar um comentário