segunda-feira, 14 de setembro de 2009

As formas de Magias existentes...

Estou super feliz hoje! Publiquei esse selinho lindo, que a Flavinha me mandou, li os comentários (com calma) que venho recebido, gente obrigada pela força! É muito bom saber que vocês gostam e levam o que essa rélis mortal escreve para a vida de vocês, minha responsabilidade aumenta, mas o empenho é proporcional.

Sou e serei eternamente uma estudante, pesquisadora e observadora; das pessoas, dos comportamentos, da natureza e da religião. Amo ser o que sou e como sou!

Fico muito realizada de vocês responderem essa humilde bruxinha com tanto carinho. Saibam que a recíproca é verdadeira!

Agradecimentos feitos, agora é hora de mudar de assunto, e hoje vou explicá-los as formas de magia existentes, são 3:


MAGIA POPULAR


Ela é tão antiga quanto a humanidade. Surgiu da necessidade dos homens primitivos tentarem entender, descrever e controlar, as forças da natureza. Pois isso para eles era necessário, já que, eles viviam da natureza e com ela.

Dessa forma, eles criaram os rituais. Esses rituais serviram como uma maneira de contatar as energias presentes neles mesmos e as do mundo natural.

Começaram, também, a utilizar-se de objetos naturais, com fins específicos em seus rituais. Vagarosamente ela se desenvolveu, dando origem as magias de todos os tipos, e em todos os lugares do mundo, inclusive à magia tribal. Porém, sobreviveu de forma individual.

Ao longo de séculos, de declínios de imensas civilizações (Roma, Suméria, Babilônia, Egito, etc...), após o período de trevas do cristianismo, ela ressurgiu em fins de 1960, com a Nova Era.

A Magia Popular NÃO é obra do demônio; NÃO é Satanismo; NÃO faz sacrifícios de seres vivos (a não ser de ervas); NÃO conversa com espíritos ou faz elos com demônios; NÃO é anti-cristã, anti-religião ou anti qualquer coisa; e acima de tudo: NÃO é obscura, perigosa, maligna, religiosa ou sobrenatural.

Ela é utilizada par melhorar a vida do mago popular, para melhorar sua vida e através de magia, seja ela antiga ou moderna. É livre de crenças sociais e restrições religiosas.

“O Mago Popular molda seu próprio destino, através de rituais imemoráveis.”




MAGIA CERIMONIAL


Ela se baseia nas magias sumérias, egípcia, indiana e semita com influências do pensamento árabe e cristão.

Eles não tem nada haver com a destruição de anéis, demônios ou tapetes mágicos, ou qualquer outra coisa.

São voltados a perfeição, a ligação com o divino, e a expansão de consciência. Os magos cerimoniais não estão preocupados com: amor, proteção, cura, dinheiro e felicidade. E quando praticam esse tipo de magia é para alcançar sua Divindade.

Organizam-se como lojas ou ordens. Mas tendem a serem individualistas. Dedicam-se a leitura de escrituras antigas e “livros sagrados”, a aprender línguas “mortas” para a prática de seus rituais. Autores de maiores destaques (e mais estudados por eles), são: Aliste Crowley, Willian Gray, John Dee, Franz Bardon, entre outros.

Apesar de praticarem magia NÃO SÃO BRUXOS. São seres humanos simples que buscam nessa corrente o que não encontram na religião ortodoxa. Estão envolvidos em lendas fantasmagóricas e rituais exóticos.




MAGIA RELIGIOSA


É a prática de magia em nome, ou com auxílio de Deidades.

Essas deidades representam: os campos, as montanhas, as nascentes e os bosques. São invocados durante o ritual.

Os Magos Religiosos trouxeram inúmeros elementos da Magia Popular. Um exemplo bem simples é acender uma vela e pedir algo às Deidades, seja saúde, paz, felicidade, amor, dinheiro, etc... Sentiram a semelhança?! Isso não é mero acaso! É que até mesmo o “todo poderoso” cristianismo é baseado na Magia Popular.

Os magos, ou bruxos, NÃO utilizam símbolos cristãos em seus rituais, pois existem uma infinidade de outros símbolos a sua disposição. NÃO roubam igrejas, por não crêem nessa doutrina.

Magos Populares e Magos Religiosos NÃO são “organizados” é possível encontrar convens wiccanos, por exemplo, com mais de 50 membros, em locais como os EUA e Europa, mas não é pretensão deles “dominar o mundo.”

Magos Populares trabalham os poderes da natureza.
Magos Religiosos reverenciam essas energias.



Bem, leiam com bastante cuidado e atenção e vejam qual dos 3 você se encaixa!

Benditos sejam, até a próxima!!!

0 comentários:

Postar um comentário