terça-feira, 11 de agosto de 2009

Instrumentos mágicos...

Olá meu amigos e caros acompanhantes!

Hoje vou passar a vocês uns esclarecimentos básicos! No post de hoje vou escrever sobre alguns instrumentos mais comuns e suas simbologias... Alguns, vocês mesmos podem produzir, caso você não goste desse tipo de trabalho, alguns são facilmente achados em lojas esotéricas.

Vassoura: é sagrado à Deusa e ao Deus, por ser ligada à limpeza seu elemento é ÁGUA. Serve para manter longe de você energias negativas, sejam elas pragas ou pessoas (físicas ou não) que queiram exercer algum tipo de influência destrutiva. Muito bem sucedida em trabalhos com água, magia para amor e psiquismo. A vassoura utilizada para rituais deve ser separada somente para isso, e é recomendável que seja de forma arredondada, as outras não tem a mesma eficiência. Caso você queira produzir a sua o cabo é mais utilizado é o de carvalho ou freixo, amarrado a galhos de bétula e salgueiro.

Bastão: é sagrado ao Deus, ligado ao elemento AR. Serve para invocar a Deusa e o Deus, para direcionar energias, desenhar símbolos mágicos, para indicar direção de perigo e até mesmo mexer uma solução em seu caldeirão. Qualquer galho reto, limpo e energizado pode ser utilizado como um bastão.

Incensário: sagrado à Deusa e ao Deus, ligado ao elemento AR. É um suporte para incensos, indispensável para praticar rituais em locais fechados, os incensos podem ser usados na adivinhação, para ver as Deidades em sua fumaça e para induzir o estado alterado de consciência, quando olhamos fixamente por muito tempo e liberamos a mente consciente. Qualquer um pode ser utilizado.

Caldeirão: é sagrado à Deusa, ligado ao elemento Água. Representa a reencarnação, imortalidade e da inspiração. É geralmente o ponto central dos rituais, e utilizado para todos os tipos de rituais, inclusive na “confecção” da comida a ser ingerida durante (ou depois) dos rituais. Ele deve ser apoiado em 3 pés e pode ser feito de qualquer material resistente ao fogo.

Faca Mágica (athame): sagrada ao Deus, elemento FOGO. A athame não possui corte, é de fio duplo e cabo negro, vêm sido utilizada há anos em rituais. Direciona as energias durante os ritos, absorvendo um pouco da energia. A espada pode substituí-la, mas por se muito grande é de difícil manuseio em lugares fechados.

Bolline: sagrada ao Deus, elemento FOGO. Também conhecida como: faca de cabo branco, ao contrário da athame ela possui corte, por isso ela é utilizada em preparo de rituais para: colher flores, talhar símbolos mágicos, cortar galhos, ervas e etc.

Bola de cristal: sagrada à Deusa, elemento ÁGUA. Podem ser utilizadas como o ponto central dos Esbats, são produzidas de cristais de quartzo, cuidado com as falsificações, as bolas de cristal são muito caras e extremamente geladas, podem ser de vários tamanhos. Ela é utilizada para armazenar energias geradas em rituais e para receber mensagens das Deidades.

Cálice: sagrado à Deusa e pertencente ao elemento ÁGUA. É um caldeirão em miniatura e apoiado em um só pé, geralmente utilizado na ingestão de líquidos durante o ritual.

Pentagrama: sagrado à Deusa e ao Deus, elemento TERRA. Utilizado na magia há milênios, “emprestado” das magias cerimoniais, utilizado na consagração de instrumentos mágicos para invocar às Deidades, evocar espíritos e proteção. Na verdade o pentagrama dispensa qualquer tipo de apresentação, todo mundo pelo menos viu um.

Livro das Sombras: é um caderno ou livro, manuscrito. Contém padrões de rituais, lendas das Deidades, invocações, encantamentos, etc... Nenhum livro das sombra é uma escritura sagrada, cada conven, cada bruxo tem o seu.

Sino: sagrado à Deusa, elemento ÁGUA. Serve para assinalar inícios e términos de rituais, para invocar a Deusa nos rituais, para evocar as energias positivas, afastar encantamentos e espíritos malignos. Pode ser de qualquer material e tamanho.

Agora que você conhece os instrumentos básicos de um bruxo, não esqueça de antes de usar fazer a limpeza física e energética deles. Eles podem não ser eficiente quando não consagrado ou ter efeitos contrários aos que você deseja, quando não limpos adequadamente.

Outro dia eu ensino vocês a consagrarem e limparem seus instrumentos, ok?! Por isso não percam o próximo post...

Beijinhos e bênçãos a todos!!


0 comentários:

Postar um comentário