quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Criação do espaço sagrado...

Ritmo frenético é pouco!! É bateria ligada ao 220V... Por isso estou publicando hoje o que seria para amanhã!!!

Criação do espaço sagrado

Ele consiste em preparar o altar e criar o círculo mágico.

Os altares podem ser posicionados das seguintes formas:

1º). No cento do círculo mágico (voltado para o Norte);

2º). Na posição Norte (voltado, também, para o Norte);

3º). Entre as posições Norte e Leste (votado para esta posição, Nordeste).

Você escolhe a posição que mai lhe é confortável, você precisa transitar dento do círculo livremente, ok?!

Agora vamos aos círculos mágicos...

O que é um “Círculo Mágico”?

É uma esfera de poder, um templo, que criamos com a ajuda de visualização para a realização de nossos rituais. Esse círculo protege-nos de influências negativas, ou qualquer uma que tente nos atrapalhar. O mais interessante, é que quando fazemos um círculo mágico até o ar fica mais denso. Essa também é uma forma de perceber se o ritual foi bem sucedido.

Tá... legal! Mais como é que eu faço isso?

Você só pode fazer seu círculo mágico depois dos dois passos anteriores. Depois de sua limpeza pessoal ponha uma roupa comprada exclusivamente para esse fim, a cor pode ser escolhida de acordo com essa tabela (clique aqui). Pois a cada vez que você a usar, estará impregnando-a com poder. Pode ser lavada depois, mas procure lavar você mesmo, ok?!

Agora, delimite seu círculo... o padrão é que ele tenha nove passos de diâmetro, mas se quiser menos ou mais, não importa, lembre-se: você precisa movimentar-se com tranqüilidade dentro dele. Depois de aberto seu círculo, não poderá mais sair! Portanto, planeje bem, faça uma listinha previamente e leve todos os objetos para dentro dele.

Delimite com linha roxa, objetos, riscando um círculo no chão... você sabe né?! Você escolhe!

Uma bússola é muito importante, para colocar os representantes de cada elemento no seu local correto. Coloque-se de pé diante do altar, ou no centro, vire-se na direção Leste. Gere o poder dentro de você, visualize o sangue trazendo pontinhos luminosos e os concentrando na parte superior de seu estômago, aproximadamente abaixo do peito, veja essa luz concentrada e crescendo, ofuscando cada vez mais e mais. Quando sentir que já é o suficiente erga sua mão projetiva à altura da cintura, com a palma voltada para baixo, aponte os seus dedos para a borda do futuro círculo.

Veja, sinta a energia saindo de seus dedos como um raio de luz roxo-azulada, vibrante. Fique parado sentindo essa energia saindo, quando sentir comece a andar (com a mão apontada ainda), em volta do limite do círculo (na parte de dentro), comece andando de vagar, e vá aumentando gradativamente o ritmo, no sentido horário, empurrando o poder para fora, sinta o poder saindo de você e formando um círculo brilhante, abrangendo toda a área delimitada pela fita (ou o material que você escolheu).

Apalpe as extremidades do círculo... sinta a energia pulsante, veja-a! Estique sua mão, de modo que fique fora do círculo, veja a diferença de densidade dentro e fora dele. Se sentir que ele dissipou, faça-o novamente, caso não consiga, tente. Mesmo sem fazer o ritual posteriormente (espere o post que ensinarei a desfazê-lo), para que não haja efeitos negativos a você!

Quando o círculo parecer completo e sólido ao seu redor, interrompa o fluxo de energias de sua mão, volte-a e junte-a ao seu corpo. Caso seja necessário balance-a, ele precisar parar, ok?!

Agora vamos convocar os guardiões dos quatro elementos. Muitos wiccanos os associam da seguinte forma: Leste - Ar; Sul – Fogo; Oeste – Água e Norte – Terra. Outro aos espíritos, outros à animais... não importa você escolhe. A principio, aconselho à associá-los aos elementos.

Outra forma mais simples de criar seu círculo é: fique de pé voltado para o Norte, na beira do futuro círculo. Caminhe lentamente, delimitando seu círculo. Acelerando levemente o passo. Sinta sua energia desprendendo de seu corpo, sinta seu poder pessoal criando uma esfera que cobre toda a área delimitada, entoe o nome da Deusa e do Deus, ou simplesmente diga:

Deusa Mãe, Deus Pai...
Peço-lhes que me ajudem a criar este círculo,
Consagre este local, torne-o poderoso,
Para que nele eu possa fazer
Encantamentos eficientes.
Assim seja, que assim se faça.
Assim seja, que assim se faça.
(repita até quando achar necessário)

O círculo é um portal para o mundo físico e o mundo mágico, é um ponto de encontro entre você e as energias das Deidades e dos elementos. Por isso, é que precisa ser fechado corretamente. Em rituais simples (fins de celebração religiosa) ele não precisa ser aberto, para rituais mais complexos é de fundamental importância.

Dicas: colocar os representantes dos elementos nas direções correspondentes; Leste – Ar - Incenso, Sul – Fogo – Vela, Oeste – Água – potinho com água de fonte e Norte – Terra – potinho com arei (pode ser de praia) ou sal.

É importante saber: aqui no hemisfério sul pode-se fazer no sentido inverso começando do norte, indo para o oeste, sul e por ultimo sul (sentido anti-horário). Já que aqui as posições se invertem. Faça da forma que você achar mais conveniente.

Espero que tenham entendido, esse tópico é realmente difícil, qualquer dúvida entrem em contato comigo,
ok?!

Até amanhã com o próximo tópico, abençoados sejam...





3 comentários:

Postar um comentário