sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Oração de despedida à animais de estimação...

Poxa gente quero deixar registrado aqui meu muito obrigada pelas novas parcerias e seguidores, estou muito feliz em tê-los em nosso Santuário, sintam-se em casa, sejam bem vindos!

Continuando a falar sobre animais... agora vou passar a vocês uma oração para você dizê-la naturalmente em seu íntimo ou escrever em um papel e enterrar junto de seu bichinho!



Descanse nos braços da Mãe Natureza.
Que ela acolha o seu corpo e acalente a sua alma na morte,
como em vida você foi amado e acolhido.
Você passou por todas as estações da vida.
Na primavera, era um filhotinho,
cheio de vida, energia e curiosidade,
e foi crescendo dia após dia.
No verão, chegou à juventude,
explorando, brincando e aprendendo;
aprendeu a amar a sua família humana
e a se adaptar aos ritmos da vida.
Dos dias quentes de verão
ao frescor de amadurecimento do outono,
você foi nosso amado amigo e companhia.
Fiel em seu amor, verdadeiro em seu coração, leal em sua amizade;
ofereceu a todos nós amor incondicional
e nos protegeu de todos os perigos.
Um dia o inverno chegou.
Os seus passos foram ficando mais lentos,
com a idade, o seu amor se sublimou.
Tornou-se mais puro, mais maduro, mais preciso.
Agora o inverno acabou, meu amiguinho.
Precisamos libertá-lo para que encontre outra primavera.
Que a sua alma se eleve e encontre os braços da Natureza.
Que os espíritos do Fogo iluminem o seu caminho nesta nova jornada.
Que os espíritos do Ar o acompanhem com uma canção alegre.
Que os espíritos da Terra o libertem das areias do tempo.
Que os espíritos da Água suavizem a sua transição.
Que as forças das divindades abrandem a dor do nosso coração
e nos ajudem a nos adaptar à sua ausência.
Que a sua alma possa voar livre
e brilhar com as estrelas no céu.
Se você ainda sofre com o apego aos amores terrenos,
saiba que estamos bem, pode descansar o seu espírito.
Quando a sua alma estiver renovada,
você adquirirá uma nova forma
e voltará a compartilhar o seu amor com a sua família.
Nosso coração e nossas portas
sempre estarão abertos para você
caso escolha um dia voltar.
Abençoado seja.

Extraído e adaptado de “Pet Memorials” de Elizabeth Hazel por Denise Delela



3 comentários:

Postar um comentário